segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Egipto



Eis-me aqui retornada de mais uma viagem.

Em poucas palavras, adorei o Egipto...

Este país tem cerca de 84 milhões de habitantes, todos a habitar nas margens do Nilo, uma vez que 95% do país é deserto.

O Cairo, foi talvez a parte que menos gostei.

Talvez pela primeira impressão...

É a segunda cidade maior do mundo, com os seus cerca de 24 milhões de habitantes. O primeiro impacto foi no mínimo caricato...a visita às grandes pirâmides revelou-se algo acidentada devido ao assédio dos vendedores ambulantes. Torna-se regra fundamental não entrar em contacto visual com eles, caso contrário somos enganados e nem damos por isso.




A cidade divide-se em dois mundos diferentes, um pleno de pobreza e lixo e outro rico e glamoroso a mostrar a quem a visita que tem um encanto especial que só ali se encontra.


Aqui visitámos a Cidade dos Mortos-Vivos, o Monumento do Soldado Desconhecido e o grande bazar Khan El Khalili.


Tivemos também uma manhã dedicada às mesquitas do Sultão Hassan, Al-Rifai (onde estão sepultados os restos mortais do Xá da Pérsia, bem como da família real de Mohamed Ali) e ainda a mesquita de Ibn Tulun.

Passados dois dias no Cairo, partimos para Luxor, onde iniciámos o nosso cruzeiro pelas àguas do Nilo.

Visitámos o Templo da Rainha Hatshepsut (eu chamo-lhe a Rainha Atchim...é mais fácil), Colossos de Mémnon, o famoso Vale dos Reis, onde estão sepultados alguns dos faraós mais importantes do Egipto como o Ramsés II, Tutmosis III e o Tuntankamon...o Templo de Luxor, o Templo de Karnak, o Templo de Edfú, o Templo de Kom Ombo, a grande barragem de Assuão e o Obelisco Inacabado.

Permanecemos dois dias no Assuão, onde fizemos uma excursão de barco a motor a uma aldeia Nubia, andámos de dromedário, vimos crocodilos adultos e bebés que aí são criados e depois largados no Nilo (medo) e bebemos um chá maravilhoso. Tivemos o prazer de assistir a uma aula, o que para mim foi fantástico...porque será?

Na descida do rio, já de regresso a Luxor, o programa das festas era comer, beber e tanque ( a nossa querida piscina), onde criámos uma verdadeira Península Ibérica, com os espanhóis de um lado e os portugueses do outro...de vez em quando lá se formava uma Ibéria, rsrsrsr...

Passados estes dias, dirigio-nos a Hurghada...

Em plena costa do Mar Vermelho, de um azul que até dói...os peixes a nadarem à nossa volta, uma água com temperatura constante de 28 graus...simplesmente fantástico...

Mas como o que é bom termina rápido, lá regressámos ao Cairo passados 3 dias.

Visitámos Alexandria, onde se encontra a segunda maior biblioteca do mundo, a coluna de Pompeu, as Catacumbas de Kom El Shoqafa, os jardins de El Monazah com visita panorâmica desde o Palácio do Rei Faruk e um passeio pela Fortaleza de Kaitbey.

Foram assim passados oa 15 dias maravilhosos no Egipto e foi sem dúvida a realização de um sonho.

Mas nada disso teria sido tão bom se não tivessemos a companhia do grupo fantástico, a nossa Família Habibi, com a qual passei momentos de plena diversão, grandes conversas até às tantas e muita união e amizade.

Esta parte foi fundamental para que tudo corresse pelo melhor e só tenho a agradecer-lhes por tudo e esperar voltar a vê-los em breve...muito breve, porque as saudades já apertam.

Três notas fundamentais quando se viaja para qualquer sítio do mundo:

1ª-Não se deve passar o tempo todo a reclamar do tempo, da comida ou seja do que for. Estás lá porque queres, ninguém te obrigou;

2ª-Não deves jamais e em tempo algum achar que és superior apenas porque vives num país de 1º mundo, deves abrir a tua mente e tentar aprender...sempre;

3ª-No mínimo deves pensar que se calhar as outras pessoas gostariam que reclamasses menos e tentasses aproveitar mais e que ser pessimista não só te aborrece a ti como os outros...

Volto depois com um post só de fotos, andei um bocado preguiçosa para fotografar e a fotógrafa de serviço anda com uma vida social muito agitada...fica apenas um cheirinho :O)

20 comentários:

Eu Mesma! disse...

os teus conselhos sao de facto fantasticos :)

SRRAJ disse...

Ainda bem que gostaste. Para o ano é a minha vez. Cá fico à espera das fotos.
Beijo

Zabour disse...

Eu Mesma:
Não imaginas como dá nervos ouvir durante 15 dias uma pessoa a reclamar de tudo e mais alguma coisa :P

Jokas

Zabour disse...

SRRAJ:
Assim k a fotografa sair do stress pós férias eu coloco, prometo ;O)

Jokas

Anjo De Cor disse...

Pelas tuas palavras amiga vejo que adoras-te mas a companhia não foi da melhor... concordo com os teus conselhos é pena que nem todos pensem como tu ;)
Beijinhos e obrigada pela tua mensagem de parabéns, adorei ;)

Zabour disse...

Anjo:
A companhia foi boa, acho é k certos comportamentos são de evitar.
Eu acho k qd vamos onde quer k seja deve ser para conhecer e aprender coisas novas, não para criticar e fazer com k os outros fiquem chateados.
Felizmente o resto da "família" era do bem e tinha a msm filosofia de vida k eu. Foi o k valeu.

Qt à msg, nem k estivesse no fim do mundo eu ia esquecer e ia mandar nem k fosse por telepatia ;O)

Jokas, miga

Minhoca disse...

De facto as tuas nitas sao fundamentais :)

Mas o q importa, tirando essa parte irritante em q deve ter feito falta teres dado essas notas antes de ires :), é que tenhas gostado e tenha sido muito bom :)

Minhoca disse...

De facto as tuas nitas sao fundamentais :)

Mas o q importa, tirando essa parte irritante em q deve ter feito falta teres dado essas notas antes de ires :), é que tenhas gostado e tenha sido muito bom :)

Minhoca disse...

De facto as tuas nitas sao fundamentais :)

Mas o q importa, tirando essa parte irritante em q deve ter feito falta teres dado essas notas antes de ires :), é que tenhas gostado e tenha sido muito bom :)

maybe disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

Zabour disse...

Minhoca:
P'rá próxima vou escrevê-las no bilhete de avião,eheheheh


Jokas

Zabour disse...

Maybe:
Até podes ser spam, mas olha tens bom gosto ;O)

Dianinha disse...

Caneco! Até me emocionei a ler-te ... ai as saudades! Até do tanque tenho saudades! Dava tudo para recomeçar a viagem... Desta vez ficava os 15 dias ;)


Beijinhos

Zabour disse...

Dianinha:
Haverá mais oportunidades. Eu tenho por habito nunca dizer que não volto a um lugar...nunca se sabe...

Jokas

Raquel disse...

Ai que nostalgia!!!

Zabour disse...

Raquel:
Todos os dias ao acordar penso que ainda lá estou. Gostei tanto que não me importava nada de ter ficado mais tempo. É isso que eu acho fascinante nas viagens, a forma como os lugares nos marcam...

Jokas

P.S: E o Ano Novo?Há-que convencer a Diana ;O)

america disse...

ai que inveja...
mas fica tão longe daqui.
ah sw wu pudesse... se o meu dinheiro desse.
quem sabe um dia

por enquanto fico me deliciando com seu blog

Zabour disse...

america:
Fique e tome um chá de jasmim :O)

Parisiense disse...

O meu maridão viveu meses para não dizer anos (juntando os meses) no Cairo e arredores.
Ele diz o mesmo que tu....existem 2 mundos....e que o Cairo é a cidade mais louca (a nivel de transito) que ele já viu.

Mas quando se sai do Cairo ele diz que é um mundo fantastico....

E linda as pessoas que reclamam das 2 uma:
Ou nunca sairam do seu buraco e armam-se em finas;
Ou são assim mesmo e nuca mudaram.

Beijokitas

Zabour disse...

Parisiense:
Primeiro que tudo, OLÁ!!!!
Há muito que não nos falávamos :O(
Qt ao cairo, adorei :O) aquilo é de doidos, mas é uma loucura saudável, própria de um país muçulmano,eheheheh
Eu é que não me atrevia a conduzir no Cairo, nem que me pagassem.
Ao contrário de certas pessoas que me acompanharam, eu adorei tudo...
Foi a concretização de um sonho e era tudo o que eu esperava e muito mais :O)

Beijokas