terça-feira, 26 de agosto de 2008

Europa Central, parte II-Eslováquia, o Império dos Sentados


Bratislava


Restaurante suspenso na ponte sobre o rio Danúbio que dá acesso a Bratislava

Eu sei que tinha prometido falar hoje de Bratislava e Viena, mas há tanta coisa para falar sobre Viena que achei melhor dar-lhe o destaque que ela merece. Fica por isso para amanhã.




Teatro Nacional Eslováco


"Em 1º de janeiro de 1993, a antiga Federação Tchecoslováquia foi dividida em dois países independentes: República da Eslováquia e República Checa, como resultado de um processo de dissolução consensual e pacífico.
A Eslováquia, hoje, tem uma economia desenvolvida e uma grande base industrial. A agricultura concentra-se nas planícies do sudoeste.
A maior parte do território é coberta por florestas e dominada pelos Montes Cárpatos. A mais importante construção é o Castelo de Zips – maior castelo da Europa central.
Separada da Áustria pelo rio Danúbio, que banha Bratislava, sua histórica capital, a República da Eslováquia pertence à União Européia desde maio de 2004
."


Aqui neste lindo país só estive durante uma tarde, onde dei um agradável passeio a seguir ao almoço no Casino da capital, Bratislava.


Casino


É um lugar, onde à semelhança dos outros países da Europa Central, se encontram vestígios da passagem de grandes nomes da história mundial como Mozart, Napoleão...



A placa que comprova que Mozart passou por ali e até lá tinha uma "cabanita"



Sobre as cabanitas falamos melhor quando chegar a Viena...



Apesar da curta estadia, deu para ver que é de facto um país industrializado e onde a arte e a história, para não falar da educação e respeito pela natureza, se fundem numa grande vontade de evoluir...de ir mais além...talvez pudesssemos aprender um pouco com este povo...


Pátio da Corte da Velha cidade


Deixo-vos a vontade e a curiosidade de conhecer esta bela cidade...



Castelo



Vista panorâmica sobre a cidade

Amanhã, Áustria...prometo!

18 comentários:

Rocket disse...

um restaurante àquela altura dá jeito... se a comida for má o pessoal apanha cá uma brisa para não ficar enjoado... : )

beijos

Zabour disse...

Rocket:
Eu espero nunca saber se a comida lá é boa ou má porque com as vertigens que tenho podes crer que não ia conseguir comer nadinha.Se já me custou andar na roda gigante, em Viena, que tem 65m de altura nem quero imaginar estar na esplanada do restaurante que fica a mais uns quantos metros do chão, ou melhor da água. :(

Bjokas vertiginosas

Sorrisos em Alta disse...

Está visto que aquele pessoal não tem uma ASAE.
Comer por cima do monóxido de carbono???
Ou o fumo dos carros é aproveitado para grelhar os bifes?
;o)

A Grafonola disse...

Fizeste a mesma viagem que o meu jóve fez com um amigo: uma semana em budapeste e uma em bratislava. Com direito a meninas (segundo ele, uns trambolhos) a oferecerem os seus serviços e logo os retirando, sabendo que eram portugueses....looooooooooool. "portugues pobre na carteira, embora rico no coração!"

Zabour disse...

Sorrisos:
Deve ser por isso que alguns dos pratos são intragáveis, se visses as sopas até te arrepiavas...

Bjokas

Zabour disse...

Grafonola:
Eu fiz melhor ainda, 4 países em 8 dias...Tou de rastos mas ao menos aproveitei todos os minutos.

Bjokas

Rafeiro Perfumado disse...

E a avaliar pelo céu das fotografias, tiveste um tempo excelente. Eu ou apanho céus daqueles ou amuo e guardo a máquina fotográfica! Beijoca!

Zabour disse...

Rauf:
Sabes é k eu fiz um contrato com o S.Pedro de forma que ele só dava uma "mijadela" depois de eu já ter saido desse país...foi bonzinho o gajo!

Beijinhos

D.Antónia Ferreirinha disse...

Mais uma bonitas imagens.
E ainda bem que com bom tempo.
Beijinhos.

Zabour disse...

D.Antónia:
Sim, realmente tive sorte, na semana anterior tinha caído um verdadeiro dilúvio por aquelas bandas.;P
Por acaso tenho tido sorte nas minhas viagens, desde atentados que ocorrem ou na semana antes ou na semana depois, aviões com avarias depois do meu vôo, mau tempo ou temperaturas levadíssimas antes ou depois...
Se assim não fosse acho k já tinha parado de viajar, para desgraças já chegam as cá do nosso Portugal.

Bjokas

P.S.Já esxplicaste as regras da indumetária à Safira?Dps diz-me k tb kero saber se vou de calças de ganga e chinelos ou vestido Prada e salto de 10cm(coisa k até nem gosto mt)...

Safira disse...

Caroço, quem não ia lá para cima era eu! Nem restaurante, nem roda, que gosto pouco de andar em alturas. Não tenho vertigens, tenho mesmo medo é que as estruturas colapsem. Nunda fiando...

Tu tens um vestido Prada? Cabra! LOL
Besos

Zabour disse...

Safira:
As serras tb desmoronam e tu vais lá trepá-las...
Achas k tenho um vestido Prada???Era só uma pergunta hipotética, na Tunísia não passámos por nenhuma tenda k vendesse vestidos senão até trazia meia dúzia só para desfilar à frente de certas invejosas lá da minha escola que têm a mania k são jets,
eh,eh,eh..

Bjokas

Ovinho Estrelado disse...

Pois! Já voltaste de férias! :)

Como adoro visitar locais através de fotografias e descrições!
Obrigada por partilhares! :)

Abraço enorme! :)

Zabour disse...

Ovinho:
E ainda faltam dois países, vou ver se hoje ainda escrevo o post sobre Viena.

Bjs estrelados

Gata Verde disse...

Mais um sítio para pôr na minha enorme lista de locais a visitar....

beijos

Zabour disse...

Gata:
Ui,ui...Se a tua lista for como a minha, uma vida não chega para visitar tanto lugar.

Bjinhos miaus

Sorrisos em Alta disse...

Sopa nisso...
;o)

Zabour disse...

Sorrisos:

;)

Bjokas