quarta-feira, 1 de abril de 2009

Not my precious...


Apareceste na minha vida numa altura muito especial. Compartilhei contigo momentos de grande magia...
Houve tempos em que eras uma peça essencial na minha vida, mas criei uma imagem de ti que não correspondia à realidade. A tua amizade tornou-se em algo em algo exigente e que nada dava em troca...reconheci os meus erros mas nunca o fizeste em relação aos teus. Achaste sempre que estavas acima de tudo e todos, com uma superioridade hipócrita de raça ariana... que não precisavas de ninguém para ser feliz...
Por isso, eliminei-te da minha vida...nunca mereceste a minha amizade, pois amizade para mim é um bem muito precioso.
Alguém que só quer receber e que nunca devolve, alguém com quem nunca pude contar nos momentos em que era suposto os amigos estarem lá para dar um abraço...uma palavra de apoio...
Alguém que critica a minha felicidade não entra dentro dos padrões do que é para mim ser amigo...e sinceramente acho que nem tu sabes ao certo o que isso significa, mas não desces do teu pedestal porque te achas demasiado valiosa para pisar o chão do comum mortal...
Eu, pelo contrário, gosto é disso, de tocar nas pessoas e sentir o seu calor humano, de ter amigos e preservá-los, de abraçar, de beijar, de dizer a quem gosto:"Tenho saudades tuas!" ou "Gosto de ti!"
Lembro-me de te dizer :"Gosto muito de ti!" e de responderes:"Deves estar com a consciência pesada!"...foi o primeiro alerta!
Agora cruzo-me contigo na blogosfera e vejo que tens a audácia de criticar os meus comentários, por favor, não o voltes a fazer...
Esquece-me, elimina-me da tua vida, apaga-me, porque já fiz o mesmo em relação a ti.
Não há um resquício de ti na minha vida...
Amizades assim não estou interessada, obrigada!

.
Há pessoas bem mais importantes a quem dar atenção!
.

16 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Gosto muito de um texto do Jerry Seinfeld, em que ele afirma a dificuldade que é ter amigos para sempre. Muitas vezes os pontos em comum terminam, mas continuam a falar, em nome da "amizade de outros tempos". Quando uma relação chega ao ponto que referes, o melhor é mesmo cada um seguir o seu caminho, a vida é demasiado curta para se apostar nos cavalos errados. Além de que as apostas em cavalos, em Portugal, são ilegais...

Beijoca!

Zabour disse...

Rauf:
Sim, tens toda a razão. Apostei todas as minhas esperanças no cavalo errado.Mas agora vou recuperar do prejuízo e apesar de passar a apostar com mais precaução, não vou deixar de acreditar que os amigos para sempre existem.

Beijinhos

Anjo De Cor disse...

Concordo ctg por vezes é dificil manter uma maizade para sempre creio que quando nos parece chegar ao limite mais vale por um ponto final, já o fiz e sei que custa, mas antes isso que andar a chatear-se....
Bjs** e há muita gente fixe por aí ;)

mjf disse...

Olá!
A tua atitude denota grande maturidade e amor próprio....em relação á outra parte, tu não dês grande relevo, acredita que a indiferença doi muito.
Be happy :=)
:=)

Beijocas

Zabour disse...

Anjo:
Sim, há muita gente fixe por aí, por isso dps de mt me chatear e stressar e dar segundas oportunidades apesar de não ter culpa nem pecado, dei o grito do Ipiranga e parti... fui em frente eliminiado o k me fazia mal.
Às vezes é preciso separar o trigo do joio e anular as ervas más.

Bjokas

Zabour disse...

mjf:
Sabes, às vezes há atitudes k por mais k nos custe temos k tomar. Acerdita k dei a mão à palmatória várias vezes e até assmi erros k não sentia para k esta "amizade" vingasse.Mas realmente há coisas k não merecem o nosso esforço. Fico triste, mas tenho o meu orgulho e não vou andar por aí a arastar-me por algo k não vale a pena...aliás, nem k valesse...
A nosso auto-estima é o k nos faz levantar todos os dia e dizer, a olhar para o espelho, que merecemos ser felizes.

bjokas

Capriccio disse...

A Zabour é uma menina forte.
Se gosta de ter amigos de certeza que não faltam pessoas a querer sua amizade, basta escolher o cavalo certo LOL.
Beijinhos :)

Rei da Lã disse...

Não ligues a isso e abre uma garrafita de moscatel, que são quase horas da janta!

;)

Linda disse...

Zabour,
é isso ai "há pessoas bem mais importantes a quem dar atenção"!

O problema é que levamos tempo a perceber isso...

Beijinhos
Linda

Sayuri disse...

Estou para crer que esse teu 'amigo ' sofre de uma doença chamada narcisismo, e tem o ego muito insuflado...não sei se merecia o tempo que perdeste a escrever este post...

Zabour disse...

Capriccio:
O problema é k os amigos não se escolhem. Mas obrigada pelo carinho.

Bjs

Zabour disse...

Rei:
Ui...ai o k eu gosto de Moscatel, faz-me lembrar os meus tempos de estudante em Setúbal ;O)

Beijão

Zabour disse...

Linda:
Podes crer, e esse tempo k perdemos é precioso e nunca mais se recupera.

Bjinhos

Zabour disse...

Sayuri:
Essa "amiga" se calhar está a precisar da tua ajuda ;O)

Beijinhos

GANDALF disse...

Gostei da frase final,pois tudo se resume a isso,a Amizade é algo de muito precioso para ser desperdiçada com quem não a merece.
Gostei do titulo,fez-me lembrar,a minha Irmandade,...do ANEL,loool


beijinhos Bons

Zabour disse...

Gandalf:
Foi a pensar na tua irmandade k me lembrei deste titulo...
Sabes k mais? Não vou perder mais tempo a lamentar a parvoice de outros ;O)

beijokas