domingo, 11 de janeiro de 2009

Construindo castelos no ar...



"Eu, o Pénis, venho por este meio exigir um aumento de salário, apresentando as seguintes razões:
·Faço esforços físicos;
·Trabalho a grandes profundidades;
·A cabeça é a primeira coisa que uso em tudo o que faço;
·Não gozo fins-de-semana nem feriados;
·Trabalho num ambiente húmido;
·Trabalho num local com iluminação e ventilação deficientes;
·Trabalho com temperaturas elevadas.

Resposta:

Caro Pénis,
Após a análise do seu pedido, e levando em consideração os argumentos por si apresentados, a Administração rejeita o seu pedido pelas seguintes razões:
.O senhor não trabalha 8 horas seguidas
.Adormece após breves períodos de trabalho;
.Nem sempre segue as ordens da equipa de gestão;
.Não permanece na sua área de serviço e é visto muitas vezes em visita a outras localidades;
.O senhor não toma a iniciativa - necessita de ser pressionado e estimulado para começar a trabalhar;
.O seu local de trabalho fica bastante sujo após o seu turno de trabalho;
.Nem sempre obedece a normas de segurança necessárias, como a utilização de roupa de protecção;
.Irá reformar-se antes dos 65 anos;
.É incapaz de fazer turnos duplos;
.Por vezes, abandona a sua área de trabalho antes de ter completado as tarefas que lhe foram atribuídas;
.E, como se tudo isto não bastasse, o senhor tem sido constantemente visto a entrar e a sair do seu local de trabalho carregando dois sacos de aparência suspeita...
Com os melhores cumprimentos

A Administração "

Hoje era isto ou construir um castelo no ar, inalcansável ao ser humano...Um castelo com uma muralha de betão à volta, rodeado de feras, verdadeiras bestas, que decapitariam quem se aproximasse e me tentasse fazer mal ou perturbar o meu sossego.

Depois, quando me apetecesse sair...descer à Terra...ver o comum mortal, que por vezes tanto me feriu, colocaria uma das minhas máscaras e não deixaria ninguém ver o meu verdadeiro estado de espírito. Assim, não daria a ninguém o gostinho de me fazer sofrer pois teria sempre a máscara da indiferença...

Hoje coloquei a máscara da parvoíce, para que ninguém perceba como me sinto verdadeiramente por dentro...

37 comentários:

Joanissima disse...

De escorpião para escorpião, destila à vontade o teu "veneno" todo porque é mesmo para isso que serve um blog...
E não importa como te sentes pro dentro (desde que sintas alguma coisa) porque cá estaremos para te lembrar as outras (tantas) vezes em que te sentes sensacional!!!

Força, querida!
Um beijinho

Zabour disse...

Joanissima:
Obrigada pelas tuas palavras, não imaginas como me fizeram baixar as armas.
Por vezes até as pessoas de quem mais gostamos nos fazem construir muros intransponiveis...
Enfim...

Beijinhos enormes, minha querida

Parisiense disse...

Em ano de eleições já é habito haver reivindicações....ahahahahah
Essas são justas e a resposta tambem....hihihihii

E tu linda faz as tuas, nem que seja só para sabermos que estas furiosa com qualquer coisa, mesmo que seja com a vida ou apenas com alguns momentos da vida.

Bom domingo... amanhã será outro dia....
Beijokitas

Gata Verde disse...

E depois dos 65 só trabalha dopado!

beijocas ;)

Zabour disse...

Parisiense:
Não estou furiosa, estou desapontada, desiludida, desanimada com certas coisas e pessoas...

Obrigada pelo carinho.

Bj grande

Zabour disse...

Gata:
Bota dopado nisso ;O)

Beijinhos miaus

Fernanda! disse...

Amorrrr!

Seja superior á esses aborrecimentos...Te quero bem e feliz!

Bjos de luz!

Zabour disse...

Fernanda:
Bigada,pelo carinho k sempre me deste.
É bom saber k estás sempre aí!

Bjs grandes

mjf disse...

Olá!
Gostei...essencialmente da resposta...
eheheheh
Começar o ano " em baixo" ???
Nem pensar, bate, grita, refila, mas não te deixes importunar por pessoas que não valem o teu sofrer ;=)
;=)

Beijcas
Boa semana

Anjo De Cor disse...

Nem sei que te diga, acho que há momentos assim ... calma, tudo passa ;)
Bjs**
Sónia

Minhoca disse...

Bem qnt a resposta ao Sr. Penis esta divinal :) o que me fartei de rir.

Qnt à mascara, todos nos andamos com alguma, se não sempre, grande parte do tempo, por isso é uma boa forma de te protegeres, não deixes e q seja um estado permanente, em alguma latura e perante alguem acho q deves deixar cair a mascara, vais ver q ate te vai saber bem ter alguem por companhia nessa fase menos boa.

Bjs

Minhoca disse...

Bem qnt a resposta ao Sr. Penis esta divinal :) o que me fartei de rir.

Qnt à mascara, todos nos andamos com alguma, se não sempre, grande parte do tempo, por isso é uma boa forma de te protegeres, não deixes e q seja um estado permanente, em alguma latura e perante alguem acho q deves deixar cair a mascara, vais ver q ate te vai saber bem ter alguem por companhia nessa fase menos boa.

Bjs

Safira disse...

A Gata Verde teve um comentário divinal! :)

Quanto às máscaras, penso que alturas há em que são contraproducentes. Alturas há em que se tem de soltar o grito do ipiranga e assumir posições. Se alguém nos magoou ou chateou, devemos assumir como nosso direito e como nosso dever dizê-lo claramente, para que se fique a sofrer inutilmente.
Penso eu de que...
De qualquer forma, melhores dias virão, que é como quem diz, tudo passa...
Beijinho

Safira disse...

para que não se fique a sofrer inutilmente.
sorry, piquena gralha... :(

poeta_poente disse...

Ainda bem que eu já conheço as feras que protegem a fera, assim não perco a cabeça :)))))


Beijo agazelado

Zabour disse...

mjf:
Eu bem tento não ligar, mas como sou uma tola sentimentalista, sofro horrores com certas atitudes, principalmente qd vêm de pessoas k são mt importantes para mim.Se calhar tenho k rever o papel dessas pesoas na minha vida.

Bjs

Zabour disse...

Anjo:
Pois há...no fundo ainda bem k acontecem.Para além de nos tornarem mais fortes tornam-nos mais vigilantes.

Beijokas

Zabour disse...

Minhoca:
Hum...sim é bom ter alguém ao nosso lado nestas ocasiões menos boas. O problema é k às vezes é esse alguém k nos fere de morte...

Beijinho

Zabour disse...

Safira:
Será que passa????

Beijo

Zabour disse...

Poeta:
Quem sabe um dos teus poemas não amansa as feras?
Diz-se que há palavras que curam todos os males, pelo menos os do coração...
Quem sabe tu não consegues? Afinal, "o essencial é invísivel aos olhos"...

Beijinhos muito quentinhos

Nina disse...

so tenho uma coisa a dizer ... DAMMMMM!

O diabo está nos detalhes disse...

o tempo tudo cura. e é verdade.

Zabour disse...

Nina:
Infelizmente as coisas às vezes têm contornos macabros. :(

Beijinhos

Zabour disse...

O diabo está nos detalhes:
Olá, sê bem vindo.
Hum...acho k não há regra sem senão...

Beijokas

Viajante disse...

Então moça?
Vais ver que tudo isso passa. Há coisas tão mais importantes na vida :-)

Beijocas e toca para a frente

Zabour disse...

Viajante:
Tens toda a razão. Há coisas bem mais importantes na vida, graças a Deus...

Beijinho enooooorme

Peregrina disse...

Genial, a mudança radical de tema :)

Van disse...

Nina, há coisas que não valem o nosso sofrimento, são coisas pequenas que acabam crescendo não se sabe como. Às vezes precisamos de máscaras, é verdade, mas outras vezes não há mal em tirá-las. E, claro, nunca há mal em avacalhar, heheheh.
Espero bem que as "feras" se amansem, que a poeira assente e que tudo se resolva da melhor forma. As relações humanas são complicadas, eu sei, ninguém é perfeito, e nunca são feitas de uma só pessoa (ás vezes são feitas de quatro ou mais loooool). Têm dias bons, e dias maus, seja por que for. Mas, tudo se resolve, tudo tem solução. Tudo vale a pena quando a alma não é pequena (já não me lembro se é assim que se diz, loool), e as almas aqui não são pequenas, muito pelo contrário, são grandes almas. :)
Beijinho, nina, e, tudo se resolve sim. :) sim? :)

Eumesma disse...

Pois, isso das mascaras tem mto que se lhe diga...:-(

Se a coisa continuar blue, adiciona-me ao msn (ás vezes "sinto" que temos tantas semelhanças) e conversamos um bocadinho.
E se a coisa não continuar "blue" (o que eu espero sinceramente) tb podes adicionar. :-)
abm_32@hotmail.com

Bjs (de apoio)

Zabour disse...

Van:
Desde muito pequena, cm fui criada cm filha única, longe do meu único irmão, que para mim os amigos, os verdadeiros, spr tiveram um papel mt importante na minha vida. Mas para uma amizade crescer forte e saudável é preciso haver respeito, carinho, reciprocidade...mas acima de tudo respeitar a liberdade de cada um. No dia em que alguém se achar no direito de me algemar e me aprisionar,aí a maizade corre um garnde risco e o meu muro começa a levantar-se cada vez mais alto, e as feras vomitam sangue. Na minha liberdade ninguém toca...é algo imaculado k prezo e guardo com unhas e dentes, qual principezinho e sua rosa...
Entende, naõ me sinto com vontade de ter k prescindir disso...

Bjokas e obrigada pelo carinho!

Zabour disse...

Eumesma:
Já adiccionei e foi muito bom falar ctg.
Espero fazê-lo mais vezes.

Beijinho grande

Zabour disse...

Van:
Desculpa os erros, a cabeça pensa mais rápido k os dedos e dps dá nisto ;O)

Bjokas

Van disse...

Oh, nina, mas eu penso que a questão não se prendeu aí, nem a intenção foi essa! Acho que tudo não passa de um mal entendido, e há que haver oportunidade para explicar como deve ser, e com a poeira assente no chão. Certo? :)

Zabour disse...

Van:
Há poeiras k nunca assentam, pelo menos enquanto as pessoas não reconhecerem k estrapularam e k fizeram um filme onde não existia. E dps há palavras k não se dizem nunca, nem nos piores momentos de loucura.
Relaxa, já enterrei o assunto, até já fui à missa de sétimo dia :(

Bjokas

Van disse...

Bem, é só a minha opinião, mas toda a poeira pode assentar e todos os filmes podem ser resolvidos. Há um mal entendido por aqui, e umas feras teimosas também looool :).

Zabour disse...

Van:
Teimosas???Nã...não sei o k te leva a dizer tal coisa...

Bjokas

Van disse...

Sei eu looooool ;-p :D