segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Estou em greve e depois???


"Se eu pudesse falar contigo e dizer-te como é importante que faças esta Greve. Como ela te ajuda a vencer os medos. Como ela faz de nós seres importantes e nos mostramos importantes aos olhos de todos.

Começámos a incomodar e o poder a perceber que não faz de nós objectos, simples recursos de um mundo que não quero.Se ao menos também tu quiseres fazer parte de um novo SER PROFESSOR.

Em que não nos esmagam todos os dias nos normativos, nos discursos dos nossos governantes, nas reuniões partidárias de auto-elogio, nos debates de surdos no nosso parlamento.Se ao menos quiseres combater “esta mentira quotidiana”.

A GREVE é, sim, um acto político. E o que o não é? E é ao escrevê-lo que marcamos a história e construímos o futuro.Espero encontrar-te segunda feira, ao lado de tantos que, como eu, não se resignarão."


"QUANTOS SEREMOS?


Não sei quantos seremos

mas que importa?!

Um só que fosse

e já valia a pena

Aqui no mundo

alguém que se condena

A não ser conivente

Na farsa do presente

Não podemos mudar a hora da chegada

Nem talvez a mais certa

A da partida.

Mas podemos fazer a descoberta

Do que presta

E não presta

Nesta vida.

E o que não presta é isto

esta mentira

Quotidiana.

Esta comédia desumana

E triste

Que cobre de soturna maldição

A própria indignação

Que lhe resiste."


Miguel Torga, Câmara Ardente

4 comentários:

Parisiense disse...

Tens toda a razão....deves fazer o que sentes e se neste momento achas que deves fazer greve então força, linda.
Beijokitas.

Anjo De Cor disse...

Amiga,
Desafio para ti no meu blog, espero que aceites ;)
Bjs**

Anjo De Cor disse...

És livre de lutar pelos teus direitos, se achas que deves fazer greve, força !!!
Bjs**

Zabour disse...

Amigas:
Olhem até estive doente esse dia, por isso nem aproveitei o dia livre, ganda galo, não?
Mas pronto meti greve na msm pk a malta tá aprecisar ser solidária...

Bjokas